Volta da circulação de ônibus é avaliada pelo governo catarinense, após quase dois meses suspensa. Alesc aprovou projeto de lei que torna transporte urbano essencial.

 

Especialistas em saúde têm demonstrado preocupação com o retorno do transporte coletivo em Santa Catarina neste momento da pandemia do novo coronavírus. O serviço está suspenso desde 19 de março e a retomada está sendo discutida pelo governo estadual. Entre os principais riscos apontados está o possível aumento de pessoas diagnosticadas com o Covid-19. Até o momento, Santa Catarina tem 3.828 casos, incluindo 73 mortes.

Enquanto o governo estadual ainda avalia o retorno do transporte público, nesta quarta-feira (13) os deputados aprovaram na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) um projeto de lei que reconhece o transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal como essencial em Santa Catarina, mesmo durante a pandemia

Por Valéria Martins, G1 SC