A quarentena devido ao Coronavírus evidenciou diversas iniciativas positivas pelo mundo. Nos Estados Unidos, abrigos de animais estão realizando eventos de adoção no estilo drive-thru e a ideia tem sido um verdadeiro sucesso.

Com o início do confinamento no país, os abrigos de animais tiveram que apostar na criatividade para que as adoções continuassem ocorrendo. Através das redes sociais, foram publicados diversos chamados para voluntários interessados em cuidar dos animais durante a quarentena.

Berkay Gumustekin

Meghan Lavender, da Asheville Humane Society, disse ao Good News Network que o abrigo realizou um chamado para adoção de emergência. A resposta foi incrível: mais de 500 pessoas se inscreveram em poucos dias.

Kern County Animal Shelter, em Bakersfield, realizou dois eventos de adoção drive-thru. Como resultado, mais de 100 animais foram adotados graças à iniciativa.

De acordo com o Jornal Extra, a cidade de Nova York registrou um aumento de 10 vezes no número de solicitações de adoção. No escritório de Los Angeles da Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra Animais  houve um aumento de 70% nas buscas por animais.

 

Adoções no Brasil

Até o momento, o fenômeno ainda não parece ter chegado ao Brasil. Abrigos de animais recorreram às redes sociais para anunciar a queda no número de adoções durante o período de quarentena.

“Por mês, temos uma média de 20 adoções e, nesse período, não fizemos nenhuma e estamos com medo de que a situação piore ainda mais por conta dos abandonos aqui na ONG e dos resgates que fazemos”, descreve a associação 101 Vira-Latas em uma

ARCA Brasil também recorreu às redes para informar que têm recebido muitas mensagens de pessoas querendo se desfazer de seu pet desde que o coronavírus chegou ao país. Em compensação, a ONG Patas Dadas informa ter encontrado casas de passagem durante a quarentena para todos os seus cães, muitos dos quais ainda buscam um lar definitivo.

 

Fonte G1  - Mari Dutra