Animal foi anestesiado antes de fazer o exame. Objetivo era avaliar condições de seus rins, pois um deles é menor do que o normal para pandas.

 

Uma imagem curiosa foi divulgada nesta terça-feira (12) pelo zoológico de Berlim, na Alemanha: o panda Jiao Qing passando por uma tomografia computadorizada no \"Leibniz Institute for Zoo and Wildlife Research\" (IZW).

A foto foi feita na manhã do dia 7 de novembro e mostra o panda macho anestesiado e dentro da máquina que realiza o exame radiológico.

A tomografia é muito usada na medicina moderna para observar partes do corpo \"em cortes\". É como um raio-x que enxerga em três dimensões. O exame permite observar os órgãos de qualquer ângulo, em 360 graus.

Neste caso, a ideia era analisar as condições dos rins de Jiao Qing, que têm tamanhos diferentes. De acordo com o site alemão Moz.de, o veterinário Andreas Ochs explicou que um dos rins do animal é menor do que o normal para pandas, algo que foi confirmado pelo exame.

Os médicos preferiram evitar fazer um exame com contraste, que oferece melhor resolução nas imagens, mas também tem mais riscos de efeitos colaterais e reações alérgicas. Por isso, não conseguiram ver com precisão se os rins estão funcionando bem. Mesmo assim, ficaram satisfeitos com os resultados obtidos.

 Por G1