O coordenador da Defesa Civil de Lages, Jean Felipe de Souza, participou de solenidade oficial do Governo do Estado, na manhã desta sexta-feira (1º de novembro), em Joaçaba, quando foram entregues para 30 municípios de Santa Catarina as Cartas de Inundação, resultado final de “estudos hidráulicos para propagar cheias naturais com diferentes tempos de recorrência”.

Foram elaborados relatórios de simulação das manchas de inundação em 30 diferentes pontos do Estado de Santa Catarina e o conjunto de Cartas de Inundação para cada um dos 30 municípios que fizeram parte dos estudos. Estas Cartas de Inundação são resultados de estudos e serviços de previsão de eventos hidrológicos críticos de inundações graduais e estiagem, tendo sido realizados em 2018 pela empresa Fractal Engenharia e Sistemas LTDA, contratada pelo Governo do Estado.

Representando o prefeito Antonio Ceron, neste ato em que estavam presentes o governador Carlos Moisés, e o chefe da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Júnior, o coordenador da Defesa Civil de Lages, Jean Felipe faz a seguinte avaliação: “Os estudos são de grande valia para a prevenção e mitigação, pois auxiliam na tomada de decisão, planejamento urbano, emissão de alertas e monitoramento de áreas sensíveis aos referidos desastres naturais”.

Presente ao ato oficial, também estiveram, secretários de Estado, prefeitos e membros de corpo de bombeiro e das polícias civil e militar daquela região de Santa Catarina. “Estamos realizando um trabalho técnico de pesquisas e estudos. Outro exemplo é a devolutiva dos dados de contenção das cheias. Um projeto elaborado pela Defesa Civil Municipal em parceria com o Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Com isso, teremos fundamentação técnica sobre contenção de enchentes, inundações, alagamentos, cheias e enxurradas em áreas classificadas como de alto risco no município, com o intuito de prevenção nos trechos hídricos nos rios Carahá e Caveiras”, comenta o prefeito Antonio Ceron.

Informações: Iran Rosa de Moraes- Ascom PML