Inclusão social, responsabilidade e incentivo ao esporte são objetivos comuns entre a Secretaria de Assistência Social e Habitação de Lages, Associação Lages Futsal e o Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires/Polo Lages. Desta forma, na noite da última quinta-feira (5 de julho), no Ginásio de Esportes do Colégio Militar de Lages, foi instituído o primeiro núcleo do Lages Leãozinho na categoria de futsal para crianças e adolescentes da comunidade em geral.

Ao saber das informações preliminares sobre o Projeto através das redes sociais, Charles Bruno Kurtz, de 38 anos, representante comercial, morador do bairro Jardim Cepar, ficou ansioso para descobrir quais os dias em que ocorreriam os encontros e também os horários. Ele foi o primeiro a chegar no local e de imediato aproveitou para realizar a inscrição do filho Bruno Santos Kurtz, de apenas 6 anos, estudante do Colégio Santa Rosa de Lima. Mesmo transparecendo timidez, em poucas palavras, o garoto revelou ser fã de um dos principais jogadores da atual Seleção Brasileira de Futebol, na Copa do Mundo de 2018, Neymar Júnior. Charles comenta que além deste Projeto, o filho também está envolvido com outras atividades esportivas. 

Assim como o Bruno, Victor Daniel Ferreira, de 7 anos, também é estudante do Colégio Santa Rosa de Lima. Porém, diferente do Bruno, Victor ainda está criando gosto pelo esporte. Acompanhado pela mãe Elaine Mauenverck, 38 anos, professora, ele aproveita os eventos esportivos para prestigiar o irmão mais velho, Vinícius Daniel Ferreira, de 13 anos. De acordo com Elaine, Vinícius atua há dois anos como jogador da Associação Lages Futsal e neste período, o adolescente já disputou até competições estaduais pelo time. “Antes de qualquer coisa, o primeiro compromisso deve ser com os estudos. É perceptível que o esporte contribui para o desenvolvimento, seja na qualidade de vida, como no autoconhecimento. Eles aprendem a lhe dar com os limites, compromissos e regras, por exemplo”, diz Elaine.  

Fotos: Toninho Vieira - Texto: Ascom/PML