Passo a passo o maior município da Serra Catarinense, em território, percorre os trilhos do incremento em qualidade do desenvolvimento em saúde, educação, infraestrutura, mobilidade urbana, turismo, tecnologia, diversificação econômica, competitividade e, consequentemente, empregabilidade e renda. E, neste processo, o Poder Público tem papel nada coadjuvante. Desta forma, contar com um sistema global tecnológico aberto às pessoas que vivem na cidade abrevia caminhos e converge aos objetivos determinantes de tornar Lages um município inteligente no âmbito da inovação. A tarde desta sexta-feira (6 de abril), um marco foi firmado na história do município, pois foi entregue oficialmente a rede de fibra ótica de interligação de pontos de dados - cuja entre as vantagens está o acesso a Internet - implantada em Lages pelo Projeto Rede Infovia SC, do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc). Os 100 quilômetros de cabeamento irão conectar 81 departamentos públicos municipais para otimizar serviços e no processo de atendimento os maiores beneficiados serão os cidadãos.

A solenidade, realizada no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Irmã Dulce/Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Aline Giovana Schmidt, bairro Guarujá, este um dos espaços receptores ao suíte de distribuição juntamente à Unidade Básica de Saúde do bairro, esteve lotado por autoridades, servidores municipais e estaduais, além da comunidade escolar e de saúde. A rede já está em funcionamento também na sede administrativa das secretarias da Educação e da Saúde.

Ao todo são 100 quilômetros de rede, com investimentos de R$ 2,6 milhões provenientes do Governo do Estado, via Ciasc. As obras tiveram duração de quatro meses, executadas pela empresa WI Engenharia e Telecomunicações, de Palhoça. A oferta é de 4GB, mas com um backdone (espinha dorsal) de 10GB, ou seja, a capacidade. O termo de compromisso para implantação da rede foi assinado na cerimônia de aniversário de 251 anos de Lages no dia 22 de novembro de 2017.

No evento desta sexta foi assinado o contrato de garantia de manutenção preventiva e corretiva, o monitoramento e as mudanças de endereços de pontos de fibra ótica em Lages. A manutenção será custeada pelo Município.

A Rede Infovia já viabilizou mais de 1.400 quilômetros de cabeamento ótico e desta vez foi garantida a Lages integração e comunicação em ultra velocidade. “Esta solenidade mostra o carinho a nossa cidade. Que este investimento melhore a vida das pessoas. Santa Catarina está preparando o futuro”, resume o ex-governador, Raimundo Colombo, em seu pronunciamento.

Alunos do Caic concederam mimos em homenagem ao ex-governador Colombo em agradecimento ao Governo do Estado pelo investimento, bem como ao prefeito Ceron e ao vice Juliano Polese. Na solenidade, o público pôde acompanhar, em tempo real, as imagens da movimentação na Unidade de Saúde vizinha ao Caic, com transmissão ao vivo via Internet por fibra ótica. “O Poder Público tem o compromisso de manter este sorriso ao longo da juventude e proporcionar igualdade de oportunidades a estas crianças aqui presentes. Quem está melhor preparado ocupará os melhores cargos. As pessoas que dominarem as tecnologias se destacam e hoje marcamos mais esta facilidade aos nossos estudantes da rede municipal”, reitera o prefeito, Antonio Ceron.

Já o vice Juliano Polese lembrou a agilidade na saúde: “Somos cientes de que a rede não resolve todos os problemas de Lages, mas dá condições para avançarmos ainda mais. Temos o que comemorar, sim, pois 93% dos locais de saúde estão ‘cabeados’ e isso auxiliará, por exemplo, nos serviços de prontuário eletrônico”.

Ranzolin complementou: “É um dos maiores presentes do Governo do Estado para Lages. Os estudantes terão acesso a bibliotecas digitais do mundo inteiro. Em cinco, seis anos, Lages será um centro de produção de softwares, como Blumenau e Florianópolis.”

A diretora geral da escola no Guarujá, Angelita Alves Ferreira, vibrou com a notícia para o aperfeiçoamento dos alunos desde cedo. “Vai ser importante porque a Internet faz sempre muita falta. Tínhamos dificuldade em pagar a nossa. Temos seis computadores na biblioteca e mais um na sala dos professores. É uma grande e boa novidade na hora da pesquisa dos alunos. Eles vão adorar e nós, como educadores, sabemos bem a diferença que faz ter Internet na escola, é uma conexão indispensável.” A escola possui 469 estudantes do ensino fundamental e 200 na educação infantil.

Dados inter-relacionados

O projeto estabeleceu 81 pontos em Lages, contemplando escolas municipais, Armazém da Alimentação Escolar, Barracão de Manutenção das Unidades Escolares, Unidades Básicas de Saúde, Centro de Reabilitação/Uniplac, Almoxarifado da Saúde, os três Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Vigilância Sanitária, secretarias municipais, Garagem, Programa de Defesa do Consumidor, Terminal Urbano, abrigos municipais I, II e III, Centro POP, unidades de Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referências Especializado de Assistência Social (Creas I), Cozinha Comunitária e Praça do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU). Do total de suítes (pontos de iluminação) adquiridos pelo Estado, 53 chegaram a Lages nesta quarta. O serviço de ativação terá continuidade na próxima semana e até final de abril todas as unidades deverão estar em Lages.

Com a consolidação da ligação da rede, num momento futuro, escolas estaduais e outros órgãos vinculados ao Estado, bem como hospitais, poderão usufruir do serviço através de projeto do Ciasc. O Hospital Tereza Ramos, com uma nova ala em construção, receberá 120MB. A Rede Infovia SC já existe em outros municípios, como Blumenau, Florianópolis e Joinville.

Outra medida tecnológica tomada pelo Ciasc em 2017 para beneficiar Lages consiste na disponibilização de link de Internet de 100MB para utilização no Parque Órion, sem custos. O espaço, centro de pesquisa, gestão do conhecimento e inovação, foi o primeiro a ser inaugurado de um total de 13 a serem totalmente implantados em Santa Catarina.

A cerimônia contou com a presença do ex-governador do Estado, Raimundo Colombo; prefeito Antonio Ceron; vice, Juliano Polese; presidente do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc), Ivan César Ranzolin; o vice-presidente comercial do Ciasc, Lindolfo Pisclevítis; secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Alberto Duarte, e o deputado estadual, Gabriel Ribeiro, além de secretários, vereadores, servidores técnicos municipais e estudantes.

Fotos: Marcelo Pakinha, Daniel Costa e Nilton Wolff