Beatriz Montemezzo, Diretora Geral do HTR, se manifestou sobre o assunto 

 

NOTA OFICIAL DO HTR

  

A direção do Hospital Tereza Ramos vem a público esclarecer os fatos relatados pela autoridade policial envolvendo o desvio de medicamentos da instituição. No início da madrugada desta quinta-feira, 1º de março, uma técnica em Enfermagem foi abordada por Policiais Militares com ampolas de medicamentos em seus objetos pessoais, e encaminhada para delegacia de Polícia Civil.

 

A direção do HTR tomou conhecimento da prática criminosa através do monitoramento e controle da farmácia e, por tal motivo, acionou as autoridades policiais. No último mês de dezembro, foi instaurado processo disciplinar para investigar o caso. Novo processo disciplinar foi instaurado junto a Secretaria Estadual de Saúde para verificar se o caso registrado no início da madrugada desta quinta-feira e apurar se há relação com o sumiço de medicamentos verificados anteriormente, e que poderá resultar no afastamento definitivo da pessoa envolvida.

 

A direção do Hospital Tereza Ramos também agradece o empenho e envolvimento de servidores e das autoridades policiais na investigação do caso e lamenta que uma pessoa que deveria servir à comunidade transgrida visando obter vantagens pessoais, em detrimento à prestação de um serviço público essencial, que é a saúde.  “A prerrogativa aqui é defender o serviço público e a saúde. A segurança do paciente sempre será nossa prioridade”, completou a diretora do Hospital Tereza Ramos, Beatriz Montemezzo.

 

Cristiano Rigo Dalcin - Assess. de Imprensa da ADR Lages