Numa iniciativa das autoridades de Rio Rufino e Urubici acontece nesta quinta-feira (16/11), audiência pública para discutir a situação da SC-370. Mais de 300 pessoas são esperadas na mobilização que acontece a partir das 14 horas, na localidade de Consolação, limites dos dois municípios.

Deputados estaduais, federais e representantes do governo do Estado foram convidados para a audiência, pois a pavimentação da SC-370 é uma reivindicação da década de 1970. O trecho de apenas 30,3 quilômetros já possui até projeto executivo que custou aos cofres públicos R$ 1.9 milhão, mas nunca saiu da gaveta.

Por três vezes, a Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa aprovou a inclusão SC-370 entre as prioridades do Orçamento Regionalizado. Ela tem importância estratégica no escoamento da produção de leite, frutas, pecuária, hortaliças e para o turismo regional. Após Urubici, a rodovia segue sentido a Grão Pará ligando a Serra Catarinense ao Sul do Estado pela Serra do Corvo Branco.

Na audiência desta quinta-feira, os prefeitos de Rio Rufino Thiago Costa e de Urubici Antônio Zili conduzirão as manifestações, pois cobraram juntos do governador a pavimentação. Raimundo Colombo nunca disse que a obra não seria viabilizada, mas condicionou a execução a uma nova operação de crédito junto ao Banco Americano de Desenvolvimento – BID, prevista para a partir de 2018.

As promessas da pavimentação da SC-370 entre Rio Rufino e Urubici, são desde quando a rodovia tinha nomenclatura de BR-475. Foi estadualizada e o projeto executivo de asfaltamento foi elaborado pela Engevix Engenharia em 2013. Só em desapropriações, o levantamento cadastral indica que 137 propriedades serão atingidas permanente ou temporariamente pela rodovia.

 

A importância da SC-370 é vital para a economia de Rio Rufino e beneficiará diretamente os municípios de Urupema, Painel e Bocaina do Sul, encurtando significativamente as distâncias. O traçado original da rodovia sempre teve um objetivo claro, o Porto de Imbituba.

Oneris Lopes - Assessoria de Imprensa da Amures