O Governador Raimundo Colombo, acompanhado pelo prefeito de Lages, Antônio Ceron; pelo vice-prefeito e presidente da CCO dos JASC 2017, Juliano Polese;  pelo presidente da Fesporte, Vadinho, e por representante das Lojas Havan (patrocinador do evento), com a presença também do deputado estadual Gabriel Ribeiro, tiveram um encontro com a imprensa nesta sexta-feira (10/10), ao meio dia, na sede dos funcionários da Prefeitura (bairro Pinheirinho).

 

Em pauta, uma coletiva para avaliação dos JASC 2017, realizados em Lages de 03 a 11 de novembro (encerram oficialmente amanhã), além de um congraçamento com os profissionais da imprensa falada, televisada, fotógrafos, blogueiros e comentaristas que trabalharam na cobertura da competição, desde o seu início.

Vadinho, o representante da Fesporte, foi o primeiro a falar. Disse que estava extremamente agradecido a Lages pelo esforço em sediar a competição, o que aconteceu em apenas alguns meses. Enfatizou que o evento foi extremamente bem organizado, que teve ótima participação e  excelente nível técnico. E que a repercussão foi extraordinária já que as notícias, imagens e vídeos exibidos nos canais de notícias da Fesporte tiveram recorde de visualizações, curtidas, comentários e compartilhamentos nas redes sociais.

O prefeito Antônio Ceron enfatizou que no começo, quando o Governador Raimundo Colombo propôs para Lages sediar a competição (há pouco mais de seis meses), achou complicado e difícil. Mas que a parceria foi muito exitosa. E que os JASC foram um sucesso graças ao engajamento de todos os envolvidos. Ceron enfatizou a grande participação dos lageanos nos jogos e competições, incluindo os dias úteis, quando os ginásios e locais das disputas tinham sempre um ótimo público. E falou que sediar a competição deixará um grande legado para Lages, para muito além das estruturas esportivas que foram melhoradas, mas que ficará na memória das crianças e jovens que participaram e viram as disputas. E que a partir de agora terão maior estímulo para praticar alguma modalidade esportiva, “nem que seja apenas para serem cidadãos melhores”, enfatizou.

Juliano Polese, coordenador da CCO, agradeceu a todos os envolvidos, a começar pelo Governo do Estado, que aportou R$ 2,5 milhões para Lages melhorar as estruturas que receberiam as competições. Agradeceu também a Fesporte e toda a equipe da Prefeitura, FME e demais secretarias envolvidas. Além de fazer um agradecimento especial às 95 cidades que mandaram atletas e delegações para cá.

O Governador Raimundo Colombo, por sua vez, enfatizou o grande renascimento que os JASC estão tendo a partir de Lages. E creditou isso em grande parte ao elevado número de profissionais da imprensa presentes e atuantes na cobertura. “Vocês levaram as informações em tempo real para todos os catarinenses. E o certame foi muito bem organizado, com excelente participação. De maneira que digo sem medo que a partir de Lages estamos tendo um renascimento e um resgate das origens dos JASC”, falou. Colombo também lembrou que através do esporte os jovens aprendem muitas lições, que podem e devem ser aproveitadas inclusive para a vida.

Amandinha

No final do evento, a melhor jogadora de futsal feminino do mundo, Amandinha, das Leoas da Serra, fez um convite especial para a partida de logo mais à noite (a partir das 20 horas), no Jones Minosso, entre Lages e Chapecó, pela semifinal  da modalidade. Ela pediu para que todos os que forem ver a partida levaram algum alimento não perecível (1 Kg), que serão doados a uma instituição que realiza trabalhos sociais. Amandinha também disse que o jogo desta noite praticamente é uma decisão antecipada. E que as chances de título de Lages são grandes se passar  por Chapecó (a rivalidade é muito grande entre as duas cidades na modalidade).

 

Texto e fotos: Loreno Siega – Revista Visão