É visível e degradante a poluição nos pontos de sinaleiras, junto aos cruzamentos de ruas e avenidas, provocada pelas xepas de cigarro e outros materiais descartáveis jogados para fora de veículos, diariamente. No cruzamento das avenidas Dom Pedro II e Brasil, no bairro São Cristóvão, próximo à Rodoviária, motoristas e caroneiros usam o canteiro central como lixeira. Descartam ali, descaradamente, desde xepas e carteiras de cigarro, invólucros de remédio, papéis de balas, e até preservativos, as populares camisinhas.

Na manhã desta sexta-feira (15), o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Euclides Mecabô (Tchá Tchá), esteve no local, juntamente a uma equipe de garis, para a limpeza dos detritos. Na ocasião, Tchá Tchá falou da campanha Minha Cidade Mais Limpa, desenvolvida pela prefeitura em parceria com o Trade de Comunicação, da Associação Empresarial de Lages (Acil) e também com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

O secretário disse que no citado cruzamento de vias urbanas, muito movimentadas, o trabalho de limpeza pública (varrição) é feito rotineiramente, mas mesmo assim o acúmulo de lixo ocorre em pouco tempo, de um dia para outro. “Se a população quer a cidade limpa, ela deve colaborar e se comprometer com a limpeza. A nossa cidade vai ser aquilo que as pessoas que nela moram querem que ela seja. É nesse sentido que já se desenvolve campanha de conscientização pública”, argumenta Tchá Tchá.

Segundo ele, já estão sendo distribuídos mais de 100 mil folhetos (folders) explicativos da Campanha, chamando a atenção para a forma correta de se depositar o lixo na lixeira. “A partir de agora vamos intensificar a colocação de placas indicativas nas principais praças públicas, além de divulgar a Campanha através de veículos de comunicação social”, conclui Tchá Tchá.

 

Informações Comunicação PML

 

Fotos: Marcelo Pakinha