Em Curitiba, fizeram uma exposição inusitada numa rua central da cidade. Colocaram pacotes e mais pacotes de dinheiro (de mentirinha) simbolizando os R$ 4 bilhões da grana desviada por políticos e empreiteiros e recuperado através da Operação Lava Jato até agora. 

Com certeza, é um belo trabalho, que impacta muito. E acredito que até hoje jamais a Justiça havia recuperado tanto dinheiro da corrupção. 

Por outro lado, depois de tudo o que foi divulgado em termos de propinas a políticos e corrupção, essa montanha de dinheiro (R$ 4 bilhões) não chega nem a 5% de tudo o que de fato roubaram e desviaram. O ex-deputado Eduardo Cunha - e o ex-governador do Rio de Janeiro - Sérgio Cabral - ambos do partido do Temer, do Jucá, do Calheiros e de um monte de outros "amigos" - devem rir muito dessa imagem. Eles dois, sozinhos, devem ter roubado e desviado bem mais. 

Sem falar nos R$ 13,6 bilhões que o Temer "torrou"" do orçamento público através da liberação de emendas a deputados para votarem a seu favor na recente votação que o impediu de ser julgado pelo STF. 

Loreno Siega - Revista Visão