Nos 250 anos de Lages (completados no ano passado), não se tinha notícia ainda do nascimento de quadrigêmeos no município. Pois esse recorde, coisa que só a vida pode oferecer, aconteceu neste sábado, 05 de agosto. 

Nasceram no Hospital Tereza Ramos, pelas mãos do Dr. Heron Anderson de Souza, os quadrigêmeos: Lucas, Vitória, Isaac (ou Isaque)  e Henrique. Eles são filhos do casal Priscila e Júlio, ambos desempregados. 

Priscila tem 29 anos. E Júlio, seu companheiro, tem apenas 19. A mãe dos quatro já teve outros quatro filhos anteriormente. Mas, devido a problemas de envolvimento com tóxicos, havia perdido a guarda dos mesmos para o Abrigo Municipal. E agora, recuperada dos problemas, conheceu Júlio. E teve mais quatro filhos de uma só vez. 

O casal recebeu apoio durante a gravidez de Priscila. No acompanhamento médico. E no parto. A Diretora do HTR, Beatriz Montemezzo, inclusive, providenciou enxoval e doações ao casal. E o comunicador Daniel Goulart, da Rádio Clube, está fazendo uma campanha para que a comunidade ajude a construir uma casa aos dois (agora seis). 

O fotógrafo Hans Peter, ainda durante a gravidez de Priscila, fez um ensaio do casal. E se comoveu. O depoimento do fotógrafo foi publicado nas redes sociais (e no blog do colega Edson Varela). Acompanhe:

 

“Priscila já teve 4 filhos. Perdeu-os para o abrigo. Recuperou-se, superou e acima de tudo se arrependeu do passado, encontrando uma força jovem, Júlio,  com seus 10 anos de diferença. Apaixonaram-se, juntos resolveram recomeçar. Hoje Deus deu à Priscila uma nova chance: devolveu os mesmo 4 filhos que ela perdera, dessa vez para contar a história de uma forma diferente. Senti ela muito disposta a isso, senti muita verdade em seu olhar, me encantei com eles. O pouco que conheci da história de vocês me fez acreditar na recuperação com foco no amor, no suporte! Parabéns pela coragem de recomeçarem e parabéns a todos que estão os ajudando, ter 4 filhos ao mesmo tempo já seria difícil, imaginem para dois desempregados com uma história dessa! Alguns psicologicamente não aguentariam, mas eles estão enfrentando e de cabeça erguida! Guerreiros que me emocionaram! Que venham os 4 anjos, que venha uma nova história!”

Coisas da vida. E de Deus.