Na tarde ensolarada deste sábado (15/07) a comunidade dos bairros Conta Dinheiro, Passo Fundo, Gethal, entre outros, recebeu a ação “Cidadão do Bem”, realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) em parceria com a prefeitura de Lages. Secretarias municipais levaram suas estruturas e disponibilizaram a população diversos atendimentos, além de recreação para os mais jovens.   Estiveram presentes as secretarias de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários, da Saúde, da Assistência Social e Habitação, Serviços Públicos e Meio Ambiente, Educação, setores de Emprego e Renda e Segurança e Trânsito, Gerência de Proteção Animal e Centro de Controle de Zoonoses, Diretoria de Trânsito, Balcão Cidadão, além da Fundação Cultural, com a Escola de Artes.   Uma feira de adoção de animais foi montada através da parceria entre a Proteção Animal, o Centro de Controle de Zoonoses, setores ligados à Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, e a Associação Lageana de Proteção Animal (Alpa). Sete filhotes castrados de cães foram ofertados, sendo que dois conseguiram encontrar um novo lar.   O Meio Ambiente também prestou orientações sobre a confecção de compostagens de materiais orgânicos, que podem ser utilizados na produção de hortas e jardins, e destinação correta de resíduos sólidos, além da distribuição de 2 mil mudas de hortaliças.     Saúde inova e apresenta práticas alternativas à população     A Secretaria Municipal da Saúde, através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e a Residência Multiprofissional, fez um atendimento inédito neste tipo de evento. Ao invés de apenas levar à população serviços básicos, como orientações, aferição de pressão arterial e testes de glicose, apresentou uma dinâmica diferenciada desta vez. A chamada neuróbica são exercícios para estimular os cinco sentidos (olfato, audição, tato, visão e paladar), através de cheiros e texturas diferentes que os participantes precisam identificar com os olhos vendados.    A auriculoterapia também foi uma atividade apresentada aos visitantes. Uma prática nova realizada através do Sistema Único de Saúde (SUS) em algumas unidades de saúde, assim como a terapia comunitária e oreiki, que são práticas integrativas complementares.      Comodidade na confecção de documentos     No “Cidadão do Bem” foram oferecidos serviços básicos e essenciais à comunidade, como encaminhamentos para a confecção de documentos, feitos através do Balcão Cidadão. Este foi um dos setores mais procurados durante o evento. Pessoas de todas as idades procuraram o atendimento, desde idosos até crianças de colo.    A diretora do Balcão Cidadão, Adriana Dolberth, destaca que o setor está cada vez mais próximo da comunidade, em diversas ações por todos os bairros, levando o atendimento gratuito à população. “Além do atendimento na nossa sede, que está localizada na rua Zeca Neves, no Tanque, estamos nos descentralizando, indo também para os bairros. Somos muito solicitados em eventos como este, principalmente nas escolas, onde todo sábado acontece alguma atividade”, afirma.     Fotos: Marcelo Pakinha - Texto: Ascom/PML