Nosso querido "Maneca", com 67 anos de Clube, agora poderá ser sintonizado na FM. 

No ano em que comemora o centenário de nascimento de seu fundador, Carlos Joffre Amaral, a Rádio Clube de Lages tornou-se a primeira emissora AM do Sul do país a realizar a migração para o FM, podendo agora ser ouvida na frequência 98,3 em toda a região serrana de Santa Catarina.

Publicada nesta quanta-feira (20/07) pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações no Diário Oficial da União, a portaria autorizou a emissora a iniciar as operações na nova frequência. Fundada em 25 de agosto de 1947, a Rádio Clube de Lages é uma das pioneiras na comunicação de Santa Catarina e uma das mais populares da Serra Catarinense.

A migração de faixa é uma antiga reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013, mas apenas nesta quarta-feira a primeira portaria, contemplando uma emissora do Sul do país, foi publicada. De acordo Roberto Dimas do Amaral, vice-presidente de técnicas e normas da ACAERT e vice-presidente de produto do Grupo SCC, ao qual a Rádio Clube de Lages integra, hoje é um dos dias mais importantes para comunicação brasileira nas últimas décadas. "Conseguimos concretizar um sonho que há anos vínhamos buscando e enfim poderemos levar a programação da Clube com muito mais qualidade de som à população da região serrana".

Carlos Joffre do Amaral Netto, vice-presidente de mercado do Grupo SCC, reiterou a importância histórica da migração da Rádio Clube de Lages para o FM. “Nessa nova sintonia vamos fortalecer o posicionamento da Clube na região serrana e projetar ainda mais seus diferenciais”. Ele destacou também o papel social desenvolvido pela Clube e sua credibilidade junto aos ouvintes, justificando o slogan da emissora: “Se a Clube não deu é porque não aconteceu”. “Fomos pioneiros da comunicação na Serra catarinense e agora novamente saímos na frente ao ser a primeira emissora realizar a mudança de frequência no estado”.

Texto extraído do site da emissora