Inúmeros ciclistas percorreram parte das principais ruas e avenidas de Lages na manhã deste domingo (26) em defesa da utilização de meios alternativos de transporte sustentáveis que causem o menor impacto possível de poluição ao meio ambiente. A atitude faz parte da II Pedalada Ecológica, neste junho que é considerado o mês do Meio Ambiente, com atividades promovidas pela Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos com o suporte de entidades públicas e privadas.

O trajeto partiu da praça Joca Neves e encerrou na sede do Parque Ecológico Municipal José Theodoro da Costa Neto, bairro São Paulo, passando pelas avenidas Belizário Ramos (Carahá) e Duque de Caxias, margeando a BR-282. O Mês do Meio Ambiente tem apoio da Secretaria de Educação, Instituto José Paschoal Baggio, Serviço Social do Comércio (Sesc), Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense (Cisama), Projeto Ambiental Júnior e Grupo Garis, e patrocínio da Polícia Militar Ambiental.

O Mês do Meio Ambiente celebra-se desde o dia 6 até a próxima quinta-feira, dia 30, e desta vez segue o tema “Pensando globalmente, agindo localmente”, pois 2016 é considerado o ano do entendimento global, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU). A bióloga da prefeitura, Michelle Pelozato, recorda que a primeira edição da Pedalada Ecológica, em 2015, recebeu a participação de 100 pessoas, enquanto na edição atual foram reservados 150 kits compostos por mochila, squeeze e viseira. “Com a distribuição dos elementos do kit buscamos incentivar a prática saudável do esporte. Daqui a pouco a primavera se aproxima, o clima esquenta mais um pouco e as pessoas se animam em pedalar mais”, fiz.

Programação final

Nesta segunda, terça e quarta-feira, ou seja, de 27 a 29, no Centro de Educação Ambiental Ida Schmidt, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 17h será oferecida a oficina “Água em foco”, preparada pelo projeto ambiental do CAV, quando serão desenvolvidas, com alunos das redes de ensino público, atividades relacionadas ao tema. O Mês do Meio Ambiente será encerrado na quinta (30), na praça João Costa, das 13h30min às 17h, com ações de educação ambiental ao ar livre com crianças e pré-adolescentes, com o projeto Arte Vida Verde, do Sesc.

Para quem cuida da saúde e do mundo

O office-boy de cartório Mário Lúcio Muniz tem 66 anos e saiu antes das 7h de sua casa, no bairro Petrópolis, neste domingo, para fazer uma das coisas que mais gosta: pedalar. “Percorri os arredores da Joca Neves para aquecer o corpo e servir de preparo para o evento em si”, informa. Ele arrastou parte da família – filho, nora e os dois netos – para a Pedalada Ecológica. “Quando utilizamos a bicicleta nosso coração fica mais forte, nossas articulações respondem melhor”, frisa. “A ideia é excelente pelo sentido de evitar maior poluição nas cidades e até porque hoje faltam lugares para estacionamento nas áreas centrais. Podemos sim diminuir os índices de resíduos no ar”, completa.

O padeiro Emerson César Barbosa, 20 anos, que mora no Santa Mônica, fez o trajeto. Ele tem por hábito a prática do ciclismo há cerca de quatro anos e compõe o grupo de pedalada da Cycles Peças AB. Sua preferência é por trajetos longos. “Nós nos encontramos, entre amigos, umas quatro vezes por semana para curtir nosso hobby. Gosto de atitudes assim como esta de hoje. O planeta agradece e a gente também”, finaliza.

Assess. de Imprensa da PML - Foto: Sandro Scheuermann