Hélio Furlan, que coordena as ações do  Movimento do Tabor, vinculado à Paróquia do Navio, acompanhado pelo prefeito Elizeu Mattos, Secretário de Turismo de Lages, Flávio Agustini, além de outras autoridades (vereadores, secretários municipais) e imprensa participaram hoje pela manhã (18/03) do lançamento oficial da programação da Semana Santa de Lages. No mesmo evento, foi lançado também o selo comemorativo oficial dos 250 anos de Lages.

Com relação à Semana Santa, Hélio Furlan lembrou como o evento foi criado no ano 2.000, exatamente no ano em que o Frei  Silvério Fávero faleceu. “O Silvério foi o grande idealizador das procissões e celebrações no Morro da Cruz. E justo no ano em que se iria inaugurar as melhorias no local, com as 500 escadarias (lembrando os 500 anos de descobrimento do Brasil), ele faleceu. Em março, perdemos Frei Silvério. E no dia 22/04 daquele ano foram inauguradas as escadarias e realizado o  primeiro evento da Semana Santa nas novas instalações, no alto do Morro da Cruz”, lembrou.

Maiores eventos da Semana Santa no Brasil 

Furlan lembrou ainda que nos anos seguintes o Grupo Tabor (jovens da Paróquia do Navio) foi assumindo a organização do evento, principalmente as encenações da Paixão e Morte, Ressurreição e demais atrativos. “Hoje a Semana Santa do Morro da Cruz, de Lages, é um dos maiores eventos religiosos do Brasil do gênero. Reúne milhares de fiéis, inclusive muita gente de fora. E inclusive destaca Lages na mídia nacional. Temos orgulho de melhorar e engrandecer cada vez mais esse  evento, que foi assumido pela comunidade mas que não seria possível de realizar sem o apoio e participação decisiva da Prefeitura Municipal”, explicou.

"Precisamos muito de fé", disse o prefeito 

O prefeito Elizeu Mattos, além do Secretário de Turismo, Flávio Agustini, destacaram o grande número de eventos que Lages sedia todos os anos e a importância que eles têm para a economia e a divulgação da cidade. “Neste final de semana, por exemplo, teremos aqui o 1º Tatto Fest, um evento de caráter nacional de tatuadores e tatuagens, que vai trazer muita gente de fora para Lages. Teremos também a Feijoada da Serra, no Refúgio do Lago. Depois teremos a Semana Santa. Em seguida virá o Fashion Hair, que neste ano será no Lages Garden Shopping, a Festa Nacional do Pinhão, o Motoneve.... São eventos que projetam Lages, trazem turistas e visitantes e ajudam a dinamizar o setor em Lages. Turismo é gerar negócios através de eventos. E nós, cada vez mais, estamos nos consolidando nisso, inclusive atraindo turistas de outros países para visitar a Coxilha Rica”, explicou Flavinho.

Selo Comemorativo dos 250 anos de Lages

Elizeu Mattos, prefeito de Lages, enalteceu as pessoas e entidades que mesmo na crise conseguem se mobilizar para realizar eventos, atrair pessoas e ajudar no desenvolvimento da cidade. “Estamos vivendo um período extremamente conturbado e difícil em  nível nacional, com um excesso de notícias ruins. Mas não podemos nos deixar contaminar pelo desânimo e pela inércia. Precisamos ter fé, acreditar, que isso tudo será superado. E divulgar as inúmeras coisas boas que estão sendo feitas. Se a gente ligar a televisão, tem vontade de desanimar e desistir de tudo. Mas queremos acreditar que isso logo será superado.  E continuar fazendo nossa parte. Sem fé, não se vai a lugar algum”, frisou.

No final do evento, foram apresentadas as várias peças publicitárias do selo oficial dos 250 anos de Lages. Foram desenvolvidas por um grupo de trabalho da Prefeitura Municipal de Lages, com apoio e participação de agências locais e da  agência de publicidade Engenho de Ideias, de Porto Alegre, que venceu licitação para as divulgações oficiais de Lages. O símbolo principal é o número 250, com o zero estilizado na forma de um coração, tendo no centro as cores oficiais da cidade. Esse símbolo constará em várias peças e objetos que serão confeccionados como camisetas, xicaras comemorativas, adesivos para colocar em veículos, etc.

 

Texto e fotos: Loreno Siega – Revista Visão