“Foram dois anos de muito trabalho,  com apoio de parceiros como a prefeitura que doou o terreno. Eu e minha esposa somos gratos a todos que ajudaram para que chegássemos a esse momento”.

A declaração é do empresário Vilso Isidoro,  que recepcionou grande número de autoridades e convidados na tarde desta sexta-feira (10/07), na inauguração da primeira indústria de processamento de peixes de Lages, a Belo Peixe Pescados.

O presidente da Amures, prefeito de Correia Pinto,  Vânio Forster participou da solenidade e destacou a importância econômica do empreendimento. “Esta unidade representa um grande passo para que a região se firme como referência na industrialização de pescados. Nosso potencial hídrico é enorme e vai despertar uma atividade de muita agregação econômica”, disse Forster.

Localizada às margens da BR-116, a indústria já iniciou a produção de filés de peixes de água doce como trutas, tilápias, jundisá e catfish. O processamento consiste na limpeza, evisceração, cortes, filetagem, defumagem, embalagem, armazenamento e transporte.

A perspectiva da indústria é ter cadastrados como fornecedores 450 produtores.

O prefeito de Lages, Toni Duarte lembrou que a iniciativa da Belo Peixe Pescados é um exemplo de como enfrentar a crise, neste momento de dificuldades. “Este frigorífico de peixes é inovador para nossa região e ajudará a manter o produtor no meio rural, oportunizando renda e qualidade de vida”, afirmou o prefeito. Toni enfatizou que a  crise não é vencida com lamentações, mas com ações como a do empresário Vilso Isidoro.

A previsão inicial da Belo Peixe Pescados é produzir entre cinco e oito toneladas de filés por dia. Nas primeiras semanas estão sendo abatidas e industrializadas trutas. E em seguida virão outras espécies. 

Os produtos da mais nova indústria de pescados de Santa Catarina  já começam a ganhar as prateleiras de supermercados e restaurantes,  principalmente da Serra Catarinense. A meta é que os filés comecem a ganhar outros mercados do Estado ainda este ano e muito em breve  o mercado de São Paulo.

Texto: Oneris Lopes - Assess.Imprensa da Amures - Fotos: Loreno Siega (Revista Visão), Oneris Lopes (Amures)  e Márcio Ávila (PML).