O documento de escritura referente à doação, pela prefeitura, do terreno para implantação da montadora chinesa de caminhões Sinotruk, foi assinado na tarde desta sexta-feira (22) pelo prefeito interino Toni Duarte. O presidente da Sinotruk Brasil Trucking Company (SBTC), Joel Anderson, esteve em Lages nesta manhã e assinou o documento antecipadamente, pois cumprirá agenda ainda nesta sexta em Brasília, referente aos trâmites de instalação do empreendimento em Lages. “Hoje foi vencida mais uma etapa desse processo e temos de ser otimistas em relação à vinda da empresa. A decisão final cabe aos empresários chineses”, pontua o prefeito Toni.

A empresa CCL Construtora, de Lages, venceu o processo licitatório e executará a terraplanagem do local, às margens da BR-282, no distrito de Índios. O início dos trabalhos se dará a partir da sinalização positiva dos empresários chineses sobre a vinda da empresa. Para execução dos serviços serão investidos cerca de R$ 6 milhões do governo estadual, que serão repassados à prefeitura.

São em torno de 250 mil metros quadrados a serem terraplanados com custo de R$ 6,193 milhões. A área de escavação de terra, nas primeira, segunda e terceira categorias serão de 336 mil metros cúbicos. Em fevereiro de 2013 o governo do Estado repassou recursos para a prefeitura adquirir um terreno de mais de um milhão de metros quadrados, em Índios, com investimentos na ordem de R$ 15 milhões para a implantação do Parque de Inovação da Serra Catarinense (Pisc).

A fábrica ocupará uma área de aproximadamente 250 mil metros quadrados e o restante será destinado às empresas fornecedoras de peças e outros suprimentos, conhecidas como satélites. O início da produção em caráter de testes está previsto para o 4º trimestre de 2016 e no 1º trimestre de 2017, a produção em escala. O diretor técnico da SC Participações e Parcerias (SC-Par - acionista do empreendimento), Jurandi Agustini; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Juliano Chiodelli; o procurador-geral do Município, Maurício Batalha, e o executivo de Gabinete, Pedro Ivo Agustini, acompanharam a assinatura.

 Assess. de Imprensa da PML - Foto: Sandro Scheuermann