Prestes a ser inaugurada, o prefeito interino Toni Duarte visitou as instalações da empresa Belo Peixe Pescados, localizada às margens da BR-116, no acesso Sul. Ele foi recebido pelo empresário Vilso Isidoro na tarde desta quinta-feira (30). Com cerca de 860 metros quadrados de área construída, a Belo Peixe foi beneficiada pela prefeitura com a doação do terreno onde está instalada, com aproximadamente dez mil metros quadrados. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Juliano Chiodelli, acompanhou a visita.

Os trâmites iniciaram há cerca de um ano e a empresa está pronta para operar dentro de algumas semanas – até no máximo junho. Em torno de 18 funcionários serão contratados para o trabalho que consiste no abatedouro e processamento de peixes para comercialização no atacado. O carro-chefe da empresa será a truta, mas outras espécies como a tilápia e o jundiá terão grande demanda. Serão distribuídos em supermercados, restaurantes da região e até em outros Estados. “Nossa meta é atingir todo o território nacional, com aumento da produção ao longo do tempo”, afirma Vilso.

A matéria-prima será adquirida com os produtores de toda a região serrana e ainda de outros municípios, como Anita Garibaldi, Curitibanos, Alto Vale do Itajaí e Fraiburgo, totalizando mais de 400 fornecedores. Somente da Serra catarinense a estimativa é de que sejam cerca de cem produtores em operação. Localidades em municípios como Painel, Urupema, Bocaina do Sul e ainda o distrito de Índios em Lages possuem em sua maioria criadouros de trutas, por se tratar de um peixe que exige água gelada e corrente, criados em tanques de alvenaria. “A Epagri e a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca tem dado apoio aos produtores, prestando assistência técnica quanto ao manejo”, conta o empresário.

A Belo Peixe terá capacidade para processamento de até oito toneladas ao dia. 

Assess. de Imprensa da PML - Fotos: Sandro Scheuermann