A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), por meio da vice-presidência regional e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC), conheceram, nesta segunda-feira (27/04), os trinta jovens que irão participar do projeto Novos Caminhos. Inserido em várias cidades catarinenses, o projeto vai atender em Lages adolescente abrigados, entre 14 e 18 anos, dos municípios de São Joaquim, Bom Retiro, Anita Garibaldi, Campo Belo do Sul, Correia Pinto, Otacílio Costa e Urubici.A aula inaugural foi realizada no Serviço Nacional de Aprendizagem - Senai.

Na oportunidade, os alunos conheceram as disciplinas que serão trabalhadas e ainda fizeram uma visita na estrutura da instituição (SENAI de Lages). A iniciativa integra o movimento “A Indústria pela Educação”. “Isso aproxima eles da vida social e reforça o compromisso da Federação com a comunidade”, explica o vice-presidente da Fiesc para a serra, Israel Marcon.

Os alunos participantes do projeto terão aulas de comportamento, ética, filosofia, finanças pessoais, sustentabilidade do planeta e aulas de tecnologia da informação. O Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Instituto Evaldo Lodi disponibilizarão uma capacitação sócio emocional voltada para o mundo do trabalho. Após essa formação, os alunos serão encaminhados para uma especialização em turma aberta.Para a jovem P.S., de 17 anos, que sonha cursar Engenharia, este é o primeiro passo. “Uma oportunidade que nunca imaginei ter”, destaca.

O juiz da Vara da Infância e Juventude de Lages, Ricardo Alexandre Fiuza, pediu aos jovens que não desistam do programa e, ainda, ressaltou a importância da parceira firmada com a Federação. A coordenadora estadual do programa, Bianca Pauletti, destacou o objetivo a ser alcançado com o programa. “Queremos dar dignidade a estes jovens, os encaminhando para o mercado de trabalho com uma qualificação”.

Texto e fotos: Catarinas Comunicação

Informações e fotos: Catarinas Assessoria em Comunicação