Um marco para a cidade de Lages foi traçado nesta quinta-feira (26) pela manhã com a assinatura do documento que altera a alíquota de 5% para 2% para uma série de serviços relacionados à atividade turística. A lei complementar 452 foi sancionada pelo prefeito interino Toni Duarte, em seu gabinete. O ato foi acompanhado por autoridades e empresários.

Com isso, o Município de Lages dá condições para os empreendedores realizarem eventos com redução tributária. O empresário Cesar Alves representou os demais. Ele agradeceu e parabenizou a iniciativa do poder público que vinha há um ano trabalhando nessa proposta. “Com a redução dos impostos, quem ganha é a comunidade de Lages”, resume.

Para o prefeito Toni, o poder público trabalha e utiliza ferramentas para promover o turismo na cidade, porém, sem a ajuda dos empresários ligados ao setor isso não é possível. “Esse grupo de pessoas tem um compromisso com a cidade, porque é responsável em oferecer entretenimento, manter a cultura e gerar trabalho e renda”, afirma.

O secretário de Turismo, Flavio Agustini, explica que esse será um incentivo à atividade turística de forma bem ampla, alcançando agências de viagem e receptivas, fornecedores, guias, equipamentos turísticos e promotores de eventos. O desafio é diminuir a sazonalidade. “A ideia é tornar Lages mais competitiva, fortalecer o calendário e, principalmente, desenvolver o turismo para gerar o desenvolvimento econômico”, reforça.

 

Informações secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages