Na véspera do Dia Mundial da Água, sábado (21/03), será realizada a terceira edição do Margem Limpa, pela Secretaria de Meio Ambiente e instituições parceiras. O objetivo do projeto é promover a conscientização ambiental e contar com a colaboração da própria comunidade para a limpeza das margens do rio Carahá em seus sete quilômetros de extensão que atravessam a cidade.

A concentração e o ponto de partida será o pátio do Fórum Nereu Ramos, na avenida Belizário Ramos, a partir das 8h. As equipes serão divididas e irão percorrer a extensão da via recolhendo o lixo até por volta das 11h30min. Cada integrante receberá uma camiseta alusiva ao evento e a população receberá materiais educativos sobre a poluição ambiental. Agentes estarão nos principais semáforos da avenida distribuindo lixeiras para uso interno nos carros.

A proposta é sucesso desde sua primeira edição, em 2013, recolhendo cerca de seis toneladas de lixo dos mais variados materiais e a participação de aproximadamente 330 pessoas nas duas edições. Ao longo da ação é encontrado pelos participantes móveis, lixo doméstico, garrafas, pneus, resíduos de eletrônicos, entre outros materiais altamente poluidores do meio ambiente. De acordo com o secretário Mushue Hampel, todo material reciclável é encaminhado à Coopercicla para reaproveitamento. Materiais orgânicos e outros que não possam ser reciclados irão para o aterro sanitário.

Recolhimento do lixo eletrônico

Durante à tarde, outra grande ação será realizada, desta vez para o recolhimento de resíduos eletrônicos nas residências. Os bairros escolhidos foram os maiores da cidade, o Guarujá e o Santa Helena. Das 13h às 16h as equipes passarão nas casas recolhendo os materiais que estarão depositados em frente das residências. A orientação é que os moradores façam isso antes do horário previsto para que materiais não sejam deixados para trás.

Poderão ser descartados qualquer tipo de eletrônico, desde celulares, baterias, pilhas, eletrodomésticos usados, computadores, peças isoladas e lâmpadas, sem custos para a população. Todos os materiais serão encaminhados para a empresa Eco Centro Sul, licenciada para dar o destino correto aos resíduos.

 Assess. de Imprensa da PML - Fotos: Divulgação