O Secretário de Turismo de Lages, Flavio Agustini, acompanhado da presidente da CDL, Rosani Pocai, com presença também do coordenador regional do SEBRAE, Altenir Agostini, além da imprensa e outros parceiros, foi apresentado nesta manhã (04/03), na CDL de Lages, o balanço oficial do Natal Felicidade 2014. “Novamente, foi um grande evento. Tivemos as ruas e o centro de Lages lotados durante o mês todo. As famílias lageanas participaram, além de centenas de visitantes. Foi um momento importante para elevar a autoestima das pessoas que estava abalada por causa do granizo. Queremos parabenizar o Flavinho e toda a equipe da Secretaria de Turismo pela dedicação. Valeu a pena”, destacou na abertura Rosani Pocai, presidente da CDL.

Pelos números apresentados por Flavinho, foram em torno de 400 mil pessoas que circularam pelo centro da cidade à noite e que estiveram nos vários atrativos do Natal Felicidade (números da Polícia Militar). Na Casa do Papai Noel, instalada e montada ao lado da Praça da Catedral, foram 7 mil visitantes. A Feira de Natal (venda de artesanato local e regional – com grande participação do SEBRAE) comercializou 2.592 produtos (incrementando a renda das famílias). A projeção mapeada em 3D (na Catedral) teve 46 apresentações (duas por noite). O espetáculo Magia das Águas (na Praça do Calçadão) teve 74 apresentações (sendo um dos grandes destaques). A programação cultural envolveu 2.400 artistas (mais de 90% composto por lageanos). E no Marajoara, cerca de 3 mil pessoas assistiram as apresentações de Natal.

Com relação ao comércio, o Natal Felicidade (juntamente com outros atrativos como a promoção Natal Premiado da CDL), fez com que as vendas em Lages tivessem um incremento de 4% sobre o Natal de 2013. Esse número foi o maior entre as grandes cidades catarinenses (onde as vendas foram menores do que no ano passado). Esse incremento no comércio também representou novas contratações. Em média, cada empresa do comércio contratou 1,4 novos trabalhadores no período (também um recorde em SC). Isso sem falar no envolvimento da comunidade com os vários concursos (vitrines e residências), concurso de desenhos e redação (envolvendo crianças das escolas de Lages) e o concurso de fotografias.

Por fim, e não com menos importância, no período Lages teve uma grande divulgação espontânea na mídia local, regional, estadual e até nacional. Depoimentos de pessoas de outras cidades mostraram que quem veio a Lages no período gostou muito do que viu e fez propaganda nas redes sociais sobre o Natal Felicidade. “Lages vivia um clima bastante difícil e pesado no final do ano. E graças ao Natal isso foi amenizado e as pessoas se alegraram. Sem medo de errar, tivemos o melhor Natal de Santa Catarina. E para este ano queremos fazer uma programação ainda mais bonita. Estamos pensando em contratar um espetáculo Magia das Águas ainda melhor, instalando os equipamentos no Tanque. Isso custará quase R$ 500 mil para 30 dias. Falam que é muito caro. Eu não concordo. Caro é pagar R$ 400 mil por um show de um artista ou dupla sertaneja que vai estar aqui durante duas horas e que vai cobrar muito de quem for lá ver. Pagar R$ 500 mil para 30 dias de várias apresentações, de graça para o público, é muito barato”, explicou Flavinho Agustini.

O Natal Felicidade 2014 teve um investimento total de R$ 1.577,084,00. Deste valor, a Prefeitura utilizou apenas R$ 307 mil do seu orçamento próprio. O Governo de SC investiu R$ 376 mil. O Ministério do Turismo aportou outros R$ 268 mil. E foram captados pelas Lei Rouanet junto a empresas um montante de R$ 484 mil. “Se formos comparar, em 2012 a Prefeitura de Lages investiu quase R$ 500 mil, com um resultado que não deixa nenhuma saudade. Hoje nosso Natal é o melhor de Santa Catarina e a prefeitura está gastando menos de seu orçamento próprio. Por isso que já estamos trabalhando na programação e em busca de novidades para o Natal Felicidade de 2015”, encerrou Flávio Agustini.

Loreno Siega – Asses. Imprensa CDL - Fotos: Divulgação PML