Comitiva do Governo do Estado de Santa Catarina recebeu nesta quarta-feira, 30, em Brasília, sinal verde do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) para a construção da fábrica de caminhões da montadora chinesa Sinotruk em Lages, na Serra catarinense. Foi autorizada a inclusão da empresa no programa de incentivos federais Inovar-Auto. A expectativa do ministro Mauro Borges Lemos é que a portaria oficial seja entregue na próxima semana, em ato em Santa Catarina, garantindo o início das obras.

"A estruturação do investimento foi muito bem sucedida. Estamos otimistas para entregar a habilitação na próxima semana. É um grande investimento por diferentes motivos: para Santa Catarina, está sendo estabelecida uma importante base do setor automotivo, com a fábrica de motores da GM em Joinville, a BMW em Araquari e, agora, a fábrica de caminhões pesados da Sinotruk completando a matriz. Para o Brasil, é um enorme ganho, pois aumenta a competição com mais um grande fabricante mundial presente no país. E a empresa também ganha, é claro, com acesso ao grande mercado brasileiro, hoje o quarto maior mercado de caminhões do mundo", destacou o ministro Mauro Borges.

Participaram da comitiva catarinense o governador Raimundo Colombo; o presidente da SC Parcerias, Paulo César Costa; o secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni; e a secretária de Articulação Nacional, Lourdes Martini.

A fábrica em Lages será a primeira unidade da Sinotruk fora da China. A produção anual da planta vai começar em 400 caminhões montados por turno, mas com capacidade para chegar em cinco mil veículos por ano em um único turno. A unidade será construída no Polo Industrial de Índios, em Lages, ao lado da BR-282. O investimento previsto para a construção é de aproximadamente R$ 300 milhões, valor que poderá aumentar em médio prazo em função dos trabalhos de desenvolvimento de tecnologia, distribuição e comercialização. A unidade vai gerar cerca de 400 empregos nessa primeira etapa, número que aumentará significativamente em função da cadeia de fornecedores a ser instalada em volta da montadora.

"Será uma unidade de alta tecnologia. A Sinotruk está entre as maiores fábricas de caminhões do mundo. Ela já está presente no Brasil com caminhões importados e que agora contará com a implantação de uma indústria própria em Santa Catarina, gerando emprego e renda na região e aumentando as vendas da empresa no país", acrescentou o presidente da SC Parcerias, Paulo César Costa. 

Alexandre Lenzi - Asses. de Imprensa do Governo de SC