Na última segunda-feira (12/05), a Diretoria da ACIL recebeu a visita de Sérgio Martini, diretor da Ekomposit Madeiras do Brasil S.A, empresa do setor madeireiro que chega a Lages. Na ocasião, ele apresentou algumas das novidades que a fábrica vai passar a produzir na cidade.

Logo de início, Martini adiantou que os principais concorrentes da empresa estão fora de Santa Catarina, como por exemplo, no Mato Grosso e Amazonas. “Nós não vamos concorrer com madeireiras de Lages e região.” comentou. A produção será a partir da madeira serrada, onde a empresa vai aplicar uma tecnologia capaz de deixá-la resistente a ponto de poder competir com o aço. “Para área de construção civil vamos sair com vigas estruturais com 12 metros de comprimento. Quem trabalha com estrutura de telhado sabe a importância do comprimento da madeira para isso”, argumentou.

Além disso, ele contou que a empresa pretende inovar, também, na questão mercadológica, usando todas as ações de marketing que se usa em outros produtos. “Vamos dar a madeira a importância real para que o mercado comece valorizá-la” concluiu.

Sobre a vinda da Ekomposit para Santa Catarina, o diretor mencionou que um dos principais motivos foi pelo grande empenho do governador Raimundo Colombo. “Graças ao empenho do governador acabamos nos convencendo de que aqui era o melhor lugar” contou Sérgio. A Ekomposit vai funcionar às margens da BR-282, quase em frente à madeireira Lages, no bairro Santa Mônica. O lançamento oficial da empresa será no dia 26/maio, às 8 horas, no Serrano Tênis Clube, com a presença do governador.

 

Débora Puel -  Assessoria de Imprensa