Antes da decisão de rebaixar a rótula de acesso ao bairro Triângulo, planejadores urbanos da Secretaria de Planejamento do Município de Lages fizeram um estudo técnico para avaliar as condições de segurança ideais da nova estrutura. Após a análise, chegou-se a conclusão de que o rebaixamento de 1,5 metro de altura para cerca de 50 centímetros seria o mais adequado.

Segundo o secretário Jorge Raineski, não somente as questões da falta de visibilidade foram levadas em consideração, mas também o deslocamento dos pedestres, o que poderia se tornar um risco se fosse mal planejada. “Caso fosse mais baixa que 50 centímetros, haveria muitos riscos de atropelamento, pois os pedestres constantemente tentariam usar a rótula como atalho para atravessar as avenidas. Assim, com uma altura razoável, isso pode ser evitado”, afirma.

Além disso, outras condicionantes do projeto foram levadas em conta, como o desnível entre as avenidas Marechal Floriano e Dom Pedro II. “Há um desnível de pelo menos um metro, o que implica na altura da rótula, por questões de segurança”, diz.

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages