Falando ontem à noite a jovens empresários do comércio – no evento denominado “Empreendendo em Lages com Sucesso” – uma iniciativa da CDL Jovem  – o empresário Topázio Silveira Neto, da Flex Contact Center, disse que quer  implantar na cidade uma nova unidade de seu Call Center e empregar mais dois mil trabalhadores. No entanto, Topázio colocou apenas duas necessidades fundamentais para que isso venha a acontecer: o funcionamento imediato dos aeroportos de Lages ou de Correia Pinto (seus clientes, grandes empresas do centro do país, precisam estar em Lages constantemente e sem aeroporto “fica impossível”, nas palavras dele), além de uma maior agilidade na implantação e liberação dos terrenos no Orion  Parque (onde ficaria sediada a nova unidade da empresa).