Regularizar a comercialização do Queijo Serrano. Esse foi o objetivo de um seminário que reuniu produtores do laticínio de toda a região, nesta quarta-feira, 10, na Uniplac. O evento foi promovido pelas secretarias regionais e gerências da Epagri de Lages e São Joaquim. “Precisamos tornar o queijo produzido na Serra Catarinense conhecido em todo o Brasil, e o primeiro passo é legalizar a venda. Vamos unir forças pra que esse objetivo seja alcançado”, disse o secretário de Desenvolvimento Regional de Lages, Gabriel Ribeiro.

A regularização do Queijo Serrano junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) será encaminhada por uma comissão formada durante o seminário. Tal comissão, formada por produtores e coordenada pela Epagri, será responsável por todo o trâmite, passando pela inspeção sanitária, indicação geográfica, organização de cadeias produtivas para o desenvolvimento territorial, e aprovação de linhas de crédito para a construção de queijarias. O processo terá o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Fábio Ramos - Assess. de Imprensa da  SDR de Lages