Eleita como a melhor feira dos últimos tempos pela indústria, comércio e serviços, o evento recebeu próximo de 50 mil pessoas durante os seis dias e superou todas as expectativas.

\"\"

 

Uma das maiores feiras agropecuárias do sul do país, a Expolages 2012, realizada no último final de semana, expôs a alta genética do rebanho catarinense, movimentou o julgamento e venda de animais de diferentes raças, proporcionou a comercialização de equipamentos agrícolas e fomentou comércio, indústria e setor de serviços da região. “Todas as nossas expectativas foram superadas, inclusive a margem de 20% prevista para o incremento dos negócios de 2012”, comenta o presidente da Associação Rural de Lages, Márcio Pamplona.

 \"\"

 

Dentre o agronegócio, o leilão de gado geral foi o que teve maior movimento financeiro, a venda dos 514 animais somou um valor de R$ 590 mil. O remate Multirraças comercializou 41 animais, entre fêmeas e reprodutores puros de origem e puros por cruza de oito raças distintas, o total das vendas ficou pouco acima de R$ 315 mil. No que tange à comercialização dos equinos, o grande destaque foi o leilão Laço de Ouro que configurou um faturamento de exatos R$ 194 mil. Leva-se em conta o preço médio no bater do martelo em R$ 8,25 mil para os machos e de R$ 10,4 mil para as fêmeas. No total foram comercializados 21 animais, sendo que o mais caro deles foi um cavalo crioulo que saiu por R$ 28,5 mil.

 

O leilão da Raça Aberdeen Angus garantiu também pista limpa, todos os 33 lotes de animais foram comercializados, fechando um valor de R$ 252,45 mil. Incluem-se aí os R$ 8,85 mil, resultantes da venda de oito lotes de sêmen de touros angus renomados, em prol do Núcleo de Criadores. A raça Hereford também chamou atenção no preço final. Os 41 animais comercializados tiveram um valor médio integral por cabeça de R$ 7,7 mil. O leilão fechou com ótimo resultado, um total de R$ 315,7 mil. Já o específico da Raça Charolesa teve como ponto alto os touros de campo com pesos entre 800 e 850 quilos, e também touros de elite que alcançaram valores finais de até R$ 11 mil. O remate totalizou R$ 215 mil em negócios.

Ovinocultura registra crescimento na Expolages 2012

Os expositores de ovelhas tiveram nesta Expolages 2012 a melhor participação no evento em comparação com os anos anteriores, comprovando que a ovinocultura está em alta e em franco crescimento. Em termos de comparação, em 2011 estiveram expostas cinco raças, nesta edição foram oito. O incremento superior a 15% no número de animais também abriu a necessidade da exposição de alguns deles fora do galpão, o que favoreceu a comercialização de raças de menor preço.

 Conforme os representantes do Núcleo de Criadores de Ovinos, estiveram presentes expositores de 30 cabanhas, sendo que 125 animais foram disponibilizados para venda. “O resultado não poderia ser outro a não ser o incremento nos negócios, que fecharam em torno de R$ 40 mil”, ressaltou Francisco André Nerbas, presidente da Associação Catarinense de Ovinos.

 \"\"

 

Provas e julgamentos

Por meio das provas e julgamentos, saíram da Expolages 2012 campeões de diferentes raças, importantes reprodutores, matrizes, ovinos, animais do gado de corte e de gado de leite. A primeira Feira Estadual Jovem da raça Jersey trouxe cerca de 100 animais, contou com a presença de fortes criadores de todo o estado, engrandecendo ainda mais o evento.

 A feira também foi palco para credenciadora do Freio de Ouro, dos 19 animais inscritos, apenas oito (quatro machos e quatro fêmeas) se habilitaram para as semifinais do campeonato em 2013, maior prova da categoria que ocorre em Esteio, Rio Grande do Sul, no próximo mês de agosto. Foram classificadas as fêmeas Sereia do Purunã, Caçimba JB de Palermo, Butiá Universal, Grande História da Serra Alta. Entre os cavalos foram selecionados Teatino do Purunã, Universo do Purunã, Guapuruma Farroupilha e La Passion Brilhante.

 \"\"

 

Seminário de Líderes Rurais atraiu público de todo o estado

Pela primeira vez realizado em Lages, o encontro dos presidentes dos Sindicatos Rurais de Santa Catarina fomentou a discussão de assuntos ligados ao setor. Organizado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), ele trouxe nomes de referência no Brasil relacionados ao agronegócio. Estiveram presentes e proferiram palestra a senadora Kátia Abreu, presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o empresário José Batista Jr., do grupo JBS Friboi e o governador de SC, Raimundo Colombo.

 Na avaliação de José Zeferino Pedroso, presidente da FAESC, a Expolages sempre se configurou mesmo em períodos de crise, como sendo um centro difusor de genética bovina. Neste ano, especialmente, o evento mostra a completa retomada do setor, com exposição e comercialização de múltiplas variedades de raças de corte de origem europeia. Ainda segundo Pedroso, o sucesso da Feira acontece também devido à liderança de Márcio Pamplona, presidente da Associação Rural de Lages.

\"\"

 

Pesquisa da ACIL  constata sucesso do evento

A pesquisa de satisfação com os 64 expositores da Associação Empresarial de Lages (Acil), realizada pela própria entidade, confirma o que o público manifestou nos dias do evento. Na avaliação dos empresários, a feira ficou entre muito boa e ótima. “Essa foi a melhor dos últimos tempos. Superou a nossa expectativa”, diz o vice-presidente Sadi Montemezzo, que é o coordenador do grupo responsável pela organização da feira.

Sadi destaca que os empresários da indústria, comércio e serviços acreditaram na Expolages. “Nossa intensão era fazer um evento moderno e voltado para o lageano. E ele veio, visitou nossos estandes e conheceu o que a região oferece em produtos e serviços”, reforça dizendo que para o próximo ano o objetivo é melhorar ainda mais.

Sinduscon avalia positivamente a feira deste ano

Quem também diz estar satisfeito com a Expolages 2012 são os expositores do 3º Salão do Imóvel, organizado pelo Sindicato da Construção Civil e do Mobiliário de Lages (Sinduscon). A feira contou com 16 estandes apresentando empresas prestadoras de serviços, imobiliárias, incorporadoras, instituições financeiras e outras do segmento.

O presidente do Sinduscon, Albraíno Brasil, lembra que o Salão do Imóvel é uma oportunidade para prospectar negócios. “Essa é a chance que o visitante tem de olhar, comparar os empreendimentos e ter a primeira conversa para fechar um futuro negócio”, diz. Para Albraíno, a circulação do público foi maior do que nas outras edições do evento. “Estamos muito contentes. A avaliação é positiva. Agora começamos a pensar na próxima”, finaliza.

\"\"

 

Ronda da Canção Gaúcha trouxe música de qualidade

Com letra e música de Índio Ribeiro, Menina da Varanda foi a canção vencedora da 6ª Ronda da Canção Gaúcha. Ricardo Bergha foi o intérprete da música que fala de amor e da lida campeira. Dois temas bem retratados pela sensibilidade característica do compositor. “O Índio me presenteou com essa bela canção. Eu só tenho a agradecer”, diz Ricardo.

Em segundo lugar ficou a música Quando pra ti eu cantar. Na terceira colocação Um quadro de campo aberto, que também conquistou o título de música com a melhor melodia. Essa canção foi cantada por Ricardo Bergha, escolhido como melhor intérprete do festival. A premiação de melhor instrumentista foi dividida entre os músicos João Gabriel e Arthur Boscatto. Vivências de Vaqueano foi eleita como a música mais popular.

Equipe Comunicação Expolages 2012 - Puel Assess. de Imprensa

Fotos: Israel Oselame