A CDL de Lages, o  Sindicato do Comércio Varejista  (Sincoval), a Associação Centro Lages de Compras e Lazer, com participação ainda do SEBRAE de Lages, realizou nesta terça-feira (11/09)  uma reunião almoço com o candidato à Prefeitura de Lages, Antônio Ceron (PSD), da coligação Lages em Primeiro Lugar. Em pauta, a entrega de  um documento elaborado conjuntamente pelas entidades citadas, que faz sugestões e reivindicações ao futuro prefeito do município. Na próxima terça-feira, dia 18 de setembro, será a vez da reunião com o candidato Elizeu Mattos (PMDB), da coligação Todos por uma Lages Mais Feliz.

\"\"

No documento, são feitas diversas sugestões ao futuro prefeito em questões como: Segurança Pública;  Meio Ambiente/Sustentabilidade;   Infraestrutura Urbana  (Revitalização do Centro da Cidade – Projeto Centro Lages de Compras e Lazer); Festa Nacional do Pinhão; Operacionalização do Aeroporto (que tenha vôos regulares); fortalecimento das secretarias municipais de Turismo, Desenvolvimento Econômico e de Planejamento; implantação de um cartório no bairro Coral (que hoje não dispõe de nenhuma unidade). Em síntese, os lojistas e empresários do setor solicitaram um acesso mais fácil ao Prefeito e aos Secretários  Municipais. E também que o poder público possa ser mais sensível a escutar, ouvir sugestões e contribuições acerca dos  problemas vivenciados pelos empresários da cidade no seu dia-a-dia.

Ambulantes e Revitalização do Centro da Cidade

Uma das questões levantadas, por exemplo, diz respeito à liberdade que atualmente é dada aos ambulantes. A CDL exibiu diversas fotografias de  pessoas  vendendo inúmeros itens livremente pelas ruas,  calçadas e praças da cidade. “Não somos contra as  pessoas buscarem um meio de vida. Mas não podemos tolerar e  permitir que ambulantes vindos de fora, sem qualquer tipo de regulamentação, acabem trabalhando nas portas de nossas lojas. Nós pagamos impostos e  geramos empregos. E  os ambulantes trabalham de forma  irregular. De maneira que isso é concorrência desleal e não podemos tolerar”, deixou claro o presidente do Sincoval, Célio Spagnolli.

Outra sugestão  e solicitação é  que o poder público seja parceiro dos empresários, do SEBRAE, da CDL e da Associação Centro Lages no projeto de revitalização do centro da cidade (incluindo a implantação do sistema de fiação elétrica subterrânea, revitalização das ruas, calçadas e praças e um novo padrão visual, projeto que já está em curso mas que precisa efetivamente ser implantado.

“Não vou terceirizar responsabilidades”, disse Ceron

Ceron comentou e respondeu a  todas as solicitações. Deu ênfase especial no fato de  ser um político com vivência no mundo empresarial e dos negócios (trabalhou no comércio por muitos anos e ainda continua vinculado a uma empresa – o Supermercado Myatã). “Tem também o fato de eu ter sido presidente da CDL. Por isso, conheço muito bem as dificuldades e necessidades do dia-a-dia de vocês. E podem apostar, não vou terceirizar  responsabilidades. O prefeito sou eu. E é diretamente comigo que vocês podem e devem tratar as questões”, deixou claro. Ceron também disse que pretende criar uma espécie de Instituto de Planejamento Urbano (IPUL), a exemplo de Florianópolis e outras cidades. Com relação à Festa Nacional do Pinhão, Ceron disse que o assunto é complexo. Mas prometeu discutir e aprofundar melhor a questão, com participação da comunidade.

 

Loreno Siega – Assessoria de Imprensa da CDL de Lages