E olha que não foi por falta de aviso e nem de tempo hábil para isso. O deputado Elizeu Mattos, reiteradas vezes, denunciou que os moradores e empresários ao longo da Av. Duque de Caxias não estavam a par do que seriam as obras de revitalização da mesma. E tampouco teriam sido chamados para discutir e debater o projeto. Não deu outra.

As  obras nem bem começaram e as reclamações pipocam de toda parte. Está no Correio Lageano de hoje que um empresário das redondezas, dono de um posto de combustível, teria ganho na Justiça o direito de que sua propriedade não seja invadida pelas obras (decisão do juiz Silvio Dagoberto Orsatto, da Vara da Fazenda). E vários outros moradores e empresários também se manifestam estranhando a ação da Prefeitura que simplesmente vai lá, invade terrenos particulares, derruba muros e não discute nada com ninguém (bem ao estilo da atual administração, diga-se de passagem).

A reportagem do Correio Lageano também diz que o atual Secretário de Obras da Prefeitura, eng. Flaubert Zanetti, foi procurado para se manifestar. Mas mandou dizer que \"estava muito ocupado\" e não retornou a ligação. Bem ao estilo de Zanetti. E bem ao estilo da Prefeitura de Lages: demorar uma eternidade para fazer as coisas, não consultar ninguém e se lixar para o povo e para a imprensa. Será que durante a campanha política vai ser assim???

Loreno Siega - Revista Visão